O que acontece após a morte?

O que acontece após a morte?

A morte é a única certeza que temos, mas ninguém sabe ao certo o que acontece depois que morremos, por esse motivo muitas pessoas se perguntam: o que acontece após a morte?

O assunto morte é um tabu para muita gente, a maioria das pessoas não gosta de lembrar que um dia não estará mais na Terra, deixando amigos, família, pets, bens, cargos e tudo o que faz parte da vida aqui no plano terreno.

A grande dúvida do ser humano sobre o que acontece após a morte foi respondida por algumas teorias, as quais descrevem qual a trajetória de alguém após o seu falecimento, mas nenhuma delas foi comprovada até hoje.

Ainda assim, é interessante conhecer quais são essas teorias e o que elas têm a dizer sobre os acontecimentos após a morte! Confira agora algumas delas:

Paranormalidade

Segundo essa teoria, após a morte, a alma se desprende do corpo, mas pode continuar habitando a Terra, e, inclusive receber o contato de pessoas ainda vivas.

Hinduísmo

Os indianos acreditam na reencarnação, ou seja, após a morte, a alma encarna em um novo corpo para dar continuidade ao seu processo de evolução numa outra existência, a qual será de acordo com o seu mérito espiritual, podendo reencarnar como nobre nas mais altas castas ou como trabalhador nas castas mais baixas.

Niismo

Segundo esta teoria, nada acontece após a morte, ou seja, tudo acaba com a morte e não há nada depois, ou seja, não existe nenhum tipo de “vida após a morte”.

Teoria do Pessimismo

Segundo essa teoria, todas as almas que habitam a Terra já estão mortas, portanto segundo esta teoria desenvolvida pelo filósofo Schopenhauer, a morte e a ação do morrer é a própria vida, que por si só, já é a pior coisa que pode existir.

Teoria da Árvore da Vida

Segundo essa teoria, as pessoas que enterram seus restos mortais junto com sementes de uma árvore, terão seu corpo devolvido à Terra e podem se transformar em uma árvore na sua próxima existência.

Budismo

Para o Budismo, vida e morte são algo único, e que não se separam entre si. Isso significa que, a cada instante, tudo está nascendo e morrendo, e, como tudo está interconectado dentro da imensidão do universo, não há que se desejar o nascimento, nem rejeitar a morte, pois todos os seres estão em movimento e carregam sua personalidade que irá perecer em algum momento.

Espiritismo

Segundo os espíritas, o espírito continua vivo após a morte, ou seja, a morte afeta apenas o corpo, e esse espírito continuará sua trajetória baseada nas suas realizações na Terra.

Islamismo

Segundo os muçulmanos todos nascem puros e inocentes, e com capacidade de progredir e adquirir conhecimento. No entanto, ao usar o livre-arbítrio cada um será responsabilizado por suas ações no Dia do Juízo, e aqueles que realizaram boas ações serão recompensados com o paraíso, os outros irão para o inferno

Judaísmo

Conforme o Judaísmo, todos os mortos serão ressuscitados na Era Messiânica, o que acontecerá quando o Messias chegar à Terra.

Cabala

Segundo a Cabala, que é um conjunto de princípios espirituais independente de religiões, a alma é imortal. Todos assinam uma espécie de contrato antes de nascer, se comprometendo a enfrentar dificuldades e desafios que embora possam trazer tristezas, contribuirão para o aperfeiçoamento de cada um.

Cristianismo

Os cristãos acreditam que após a morte, a alma é encaminhada para o céu ou para o inferno, conforme foi a sua vida na Terra, ou seja, se a pessoa viveu uma vida digna e reta, sua alma irá para o céu, se viveu uma vida de erros e pecados, sua alma irá para o inferno.

Ciência

Segundo a neurociência, no momento da morte, o sistema nervoso central cessa suas funções de forma permanente. Isso implica que a consciência e todas as funções cerebrais associadas, como pensamentos e percepções, também cessam. Logo, a sensação de estar morto, conforme a neurociência, remete a uma transição de intensa atividade cerebral seguida pela cessação completa das funções cerebrais e da consciência. A percepção de um túnel de luz, sensações de euforia ou bem-estar relatadas em experiências de quase morte são explicadas por processos neuroquímicos e elétricos no cérebro.

Por fim, do ponto de vista neurológico, o que acontece com você depois da morte, é que o corpo prioriza o cérebro, o coração e os rins durante a falência de múltiplos órgãos.

No entanto, a morte cerebral é caracterizada pela cessação da função cerebral, onde os neurônios morrem devido à falta de oxigênio (hipóxia) e isquemia.

Após a morte cerebral, a pessoa perde a consciência e a capacidade de pensar ou perceber o ambiente ao redor, mas mesmo com morte encefálica, outros órgãos do corpo podem continuar funcionando por um tempo com suporte médico, mas a pessoa já não existe como um ser consciente.   

Conclusão

Agora que você já sabe quais são as principais teorias que explicam o que acontece após a morte, conheça os serviços oferecidos pelo Memorial Parque Jaraguá.

Contamos com uma Funerária própria que o ajudará com todas as questões práticas do momento do sepultamento

Agende uma visita ao nosso Campo Santo para conhecer nossa estrutura e paisagismo e a excelência do nosso atendimento!

Entre em contato com a nossa equipe, visite nossa sede e conheça nossa estrutura. Estamos sempre prontos para oferecer um atendimento humanizado em situações de perda de um familiar.

Memorial Parque Jaraguá: Acolhimento quando você mais precisa!

Cadastre-se para receber nossa Newsletter